Relembrando o Campeonato Mundial da Classe Pinguim que ocorreu em Chicago (EUA) no ano de 1996, o velejador Lúcio Ribeiro que conquistou o 1º lugar Júnior da Classe Pinguim, junto ao velejador Flávio Ribeiro, relembra algumas passagens dessa viagem memorável.
.
De acordo com Lúcio Ribeiro, todos os velejadores que representam o RGYC nessa competição ficaram hospedados em casas de pessoas com padrão social muito alto “O dono da casa que ficamos, no dia de ir embora, alugou uma limousine pra nos levar até o aeroporto” lembra. Lúcio ainda conta que, na época, o grupo de velejadores conquistou os americanos com caipirinha e carreteiro feito no píer “É muita história para contar, quando ganhamos o campeonato o dono do nosso barco não nos cobrou aluguel e pagou tudo que tínhamos gasto em equipamento no barco dele” recorda Ribeiro.
.
O velejador ainda comenta que quando chegaram a Chigago levaram uma multa, no primeiro dia. “ Não podia tomar banho no píer e nós ao vermos aquela água cristalina, nos atiramos (risos) ” finaliza.
.
Os velejadores Ari Lima, André Ribeiro, César Duarte, Eduardo Carneiro, Fernanda Torres, Fernando Spies, Eduardo Devila, Flávio Ribeiro, Gilberto Consoni, Luiz Lourenço, Luciano Figueira, Luciano da Silva, Lúcio Ribeiro, Matheus Resmini, Rafael Grantham, Ricardo Meirelles e Roberta Beltrão representaram o Clube em águas internacionais.
.
É interessante enfatizar que o evento contou com 43 tripulações de quatro países e o Brasil teve 12 tripulações, sendo quatro do Rio de Janeiro e o oito do Rio Grande Yacht Club (RGYC).
.
O RGYC tem orgulho dos seus velejadores pela garra, determinação e por fazerem história na Vela brasileira e mundial.
11
Pessoas alcançadas
2
Engajamentos
Turbinar publicação
Curtir

Comentar
Compartilhar

0 comentário